História do Festival Internacional de Balonismo de Torres – RS

Saiba como surgiu Festival Internacional de balonismo de Torres que hoje é tradição. Todos anos a cidade do Rio Grande do Sul  recebe muitos turistas devido a essa linda festa.

balonismo surgiu em Torres em 1989, dizem ser até por acaso, numa tentativa de inovar os organizadores da  II FEBANANA  festa que era anualmente realizada, trouxeram alguns balões, o publico reagiu de maneira positiva aprovando a novidade em outubro daquele ano, surge o 1º Festival de Balonismo em Torres, de lá para cá o festival vem crescendo cada vez mais

Você gostaria de fazer um passeio de balão? entre em contato conosco

Se você quiser saber mais sobre Torres acesse o site oficial da cidade Clicando aqui

O balonismo sem duvida é um ótimo negócio e somou muito a capacidade turística de Torres com uma visão aérea da suas belas paisagem .

Sabendo da importância do festival de balonismo organizadores e envolvidos realizam pesquisa, para  aprimorar o atendimento e a conquista da satisfação dos visitantes do Festival Internacional de Balonismo de Torres.

Esse foi o objetivo da Pesquisa de Satisfação do 24º Festival Internacional de Balonismo aplicada de 28 de abril a 1º de maio. A pesquisa foi apresentada pelo secretário de Turismo, Comércio e Indústria, Roniel Lummertz, junto com a avaliação da Temporada de Verão 2012 do antes entrar em férias.

O evento, planejado durante meses pela Secretaria de Turismo, Comércio e Indústria da Prefeitura de Torres teve a aprovação do público. Tal avaliação foi obtida por meio da pesquisa aplicada com 77 pessoas durante os cinco dias de evento. A Média Amostral obtida na investigação aponta a faixa etária de 28 anos para os participantes de pesquisa. Deste público 31,17% com idade até 20 anos; 28,57% de 21 a 30 anos; 18,18% de 31 a 40 anos, 11.69% de 41 a 50 anos, 7,79% de 51 a 60 anos. Do público abordado 2,6% não revelaram a idade. Sobre a escolaridade, 20,78% dos visitantes entrevistados se apresentaram como universitários; 31,17% como estudantes do ensino médio; 20,78% como graduados; 20,78% como pós-graduados e 14,29% com Ensino Fundamental.

Na avaliação geral dos visitantes, o 24º Festival Internacional de Balonismo foi um evento apontado de Ótimo a Excelente para 73% dos visitantes, regular para 23%, e ruim para apenas 1%. Nesta edição, a programação agradou a 81,83% dos entrevistados, como excelente, ótimo e regular. Não responderam, apresentou 18,18% dos apontamentos obtidos. O secretário de Turismo explica que as pessoas pesquisadas nas enquetes formalizaram o fato de não estarem presentes no parque nos horários dos shows, e que, portanto, estavam impedidos de avaliar o quesito.

Um dos dados que revela a satisfação do visitante é obtido pelo número de visitações ao evento. A maior parte dos entrevistados, 46,75% responderam que visitaram o Parque de Balonismo pelo menos quatro vezes durante o evento. Para 57,14% dos visitantes a infraestrutura foi avaliada em Ótimo e Excelente; 24,68%, Bom; e 11,69% a julgaram regular. Com 87,02% os visitantes julgaram as atrações paralelas entre excelente, ótimo, bom e regular.

O maior número de visitantes do festival, 51%, é torrense, seguido por moradores da região metropolitana com 22%. O restante do público é composto por pessoas do Sul de Santa Catarina (12%), do Litoral Norte Gaúcho (8%) e da Serra Gaúcha (4%). A maioria dos frequentadores do evento é motivada pelos balões. Cerca de 50% do público prestigiam-no por este atrativo. Os shows são responsáveis pela visita de quase 33% dos visitantes.

Expositores também avaliaram o 24º Festival de Balonismo

Uma enquete semelhante foi aplicada com os comerciantes do 24º Festival Internacional de Balonismo. Estes também revelaram satisfação no evento, sendo que 94,44% das empresas abordadas pelos pesquisadores disseram que pretendem participar da próxima edição do Festival em 2013.

Nos últimos anos a organização do Festival disponibiliza uma mega estrutura que possibilita melhor proteção aos expositores, comerciantes e visitantes. Também facilita a distribuição e adaptação dos corredores de circulação para o melhor acesso ao comércio, praças de alimentação e a arena de shows. Esta estrutura também foi bem avaliada pelos comerciantes: 66,67% bom, 25% ótimo, e apenas 8,33% não ficou satisfeito om a distribuição do espaço.

Na opinião dos entrevistados, o atendimento da parte Administrativa do Festival de Balonismo no Parque foi ótimo para 36,11%, bom para 52,78% e ruim para 5,56% dos entrevistados. A pesquisa revelou a aprovação de 86,11% dos entrevistados quanto à infraestrutura da área de lazer, na região dos bares e barracas.

Gostou??? Compartilhe!!!

Share Button

Balonismo faz Homenagem ao Carnaval de Boituva

Balão “Triple Clown” faz seu primeiro voo no espaço aéreo Brasileiro, Homenagem ao Carnaval de Boituva

 Dia 11, o céu de Boituva ficou muito mais colorido. A empresa Aeromagic fará o primeiro e único voo em espaço aéreo brasileiro do balão “Triple Clown”. O lançamento se dará á partir das 6h30, no Centro Nacional de Paraquedismo.

O balão “Triple Clown” foi concebido pela junção de três faces humanas que fazem menção a personagens da cultura carnavalesca: o Arlequim, Pierrô e o palhaço. Segundo informou o fabricante do balão, Ricardo Almeida – o Free –, após este voo o balão iniciará uma turnê mundial, com a previsão inicial de percorrer pelo menos 8 países. “Penso que será difícil retornarmos com ele para o Brasil”, disse o criador.

Boituva, que já é reconhecida como a capital nacional do paraquedismo, desde 2000 e vem sedimentando-se também como referência do balonismo. O prefeito Edson Marcusso, que foi o grande incentivador da modalidade esportiva no município, tem como meta para esta nova gestão, a instalação da Confederação Brasileira de Balonismo no município.

“Queremos fortalecer nossa atividade turística e o balonismo pode ser um importante aliado nesta missão, por ser uma atividades esportiva de extrema beleza e que promove grande interação com o público e com a comunidade local. Queremos que Boituva também seja a capital do balonismo”, finalizou o prefeito.

Gostou??? Compartilhe!!!

Click aqui para saber mais sobre os voos de balão em Boituva…

Share Button

35º Festival Internacional de Balão de ar quente de Chateau- d’Oex – Suíça

Realizado em janeiro, o 35º Festival Internacional de Balão de ar quente, em Château-d’Oex atrai balonista de todo o mundo. A imagem de balões coloridos em contraste com os picos cobertos de neve dos Alpes Suiços são inesquecíveis

35º Festival Internacional de Balão de ar quente de Chateau- d’Oex

O Festival Internacional de Balão de ar quente em Château-d’Oex é um festival que tem ocorrido todos os anos, durante nove dias no final de janeiro em Château-d’Oex, Suíça desde 1979. O festival é frequentado por cerca de uma centena de balões de mais de 20 países. É famosa por ter lugar em um vale nevado (na maioria das vezes) e também para um evento único: o “Night Glow” show, onde todos os balões são expostos na montanha, iluminado por seus queimadores, durante a noite do dia 7.

.

  Gostou??? Compartilhe!!!

click aqui para saber mais sobre os voos de balão…

Share Button

Balão científico da Nasa bate o recorde de voo mais longo

O Super-Tiger, balão científico da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), bateu o recorde de voo mais longo do tipo e trouxe uma série de dados sobre raios cósmicos de alta energia que atingem a Terra de outros pontos da galáxia. O balão científico passou 55 dias, 1 hora e 34 minutos voando a uma altitude de 38.710 metros

Depois de mais de 55 dias sobrevoando a Antártica, o balão científico Super-Tiger bateu o recorde de voo mais longo do tipo, trazendo de volta uma série de dados, informou a Nasa (Agência Espacial Norte-Americana).

O Super-Tiger passou 55 dias, 1 hora e 34 minutos voando a uma altitude de 38.710 metros, batendo o recorde de 2009 por apenas um dia.

Ele estava reunindo dados de raios cósmicos de alta energia que atingem a Terra de outros pontos da galáxia. Este processo incluiu o uso de uma nova ferramenta para medir elementos raros mais pesados do que o ferro entre o influxo de raios.

Os cientistas estão tentando entender melhor de onde vêm estes átomos de alta energia e como eles ficam supercarregados.

“Foi um voo muito bem sucedido por causa da longa duração, que nos permitiu detectar grandes números de raios cósmicos”, disse o autor principal do estudo, Bob Binns.

A Nasa informou que levará dois anos para analisar completamente os dados.

O longo voo do balão foi auxiliado por padrões de vento do polo Sul, que circulam em sentido anti-horário, do leste para oeste, na estratosfera. Isto, além da esparsa população do continente gelado, do extremo Sul, tornou possíveis estes voos de altitude elevada e longa duração, acrescentou a Nasa.

“Os balões científicos dão aos cientistas a habilidade de reunir dados críticos científicos para uma longa duração a um custo relativo muito baixo”, disse Vernon James, Cientista do Programa de Balões da Nasa.

Gostou??? Compartilhe!!!

Click aqui e saiba mais sobre os voos de balão…

Share Button

25º Festival de Torres: os balões vão colorir a cidade na tradicional festa anual

A cidade do Rio Grande do Sul famosas pela suas paisagens prepara-se para o 25º Festival de torres onde além dos voos de balão haverá outras atrações

Todos os anos nós do Blog do Balonismo não deixamos de divulgar essa festa que é uma das maiores do Brasil.

Essa primeira chamada que estamos fazendo para 25º Festival de Torres é também para as turistas que precisam  reservar hotel e se deixar para a ultima hora fica muito difícil conseguir vagas.
Hoteis em Torres: disponibilizamos um link que poderá ajudar o turista garantir sua reserva Click aqui para acessar 

Aguardem informações para 25º Festival de Torres sobre:
Programação do evento:
Equipe de balonismo participantes:
E mais…

(Atualizado):
Voos de balão no 25º Festival de balonismo de Torres:
Interessados em voar de balão no Festival Torres favor entrar em contato para mais informações, click aqui para acessar nosso formulário de contato

Quer saber mais???
Conheça a programação do 25º Festival de Balonismo de Torres.
Historia do Festival internacional de balonismo de torres.

Gostou? Compartilhe!

Click aqui para saber mais sobre os voos de balão…

 

Share Button

Perguntas frequentes de balonismo

Neste fórum você encontrará perguntas e respostas sobre o balonismo, festivais, campeonatos, construção de balão, passeios de balão.

Na verdade apenas 25% dos participantes do balonismo são pilotos pois uma equipe é composta de 4 pessoas, 1 motorista de resgate e 2 ajudantes que fazem as funções de navegador ou copiloto. Porém você pode começar como observes (juiz auxiliar de provas), colaborador nas competições ou participar de nossa equipe, para isso entre em contato conosco e lhes enviaremos maiores detalhes.
Sim, o voo de balão de ar quente, é regulamentada pela Anac e como os aviões, é necessário um breve de piloto. O processo de obtenção de uma licença balão de ar quente é muito parecido com processo para obtenção de uma licença de piloto de avião.
Inicialmente um atestado médico, que comprove sua saúde, frequentar um curso teórico, e 16 horas de voo livre, (custo aproximado US$ 3,000), após essa experiência você será examinado por um checador oficial da Anac, se aprovado você já poderá sair voando.
Nos festivais de balonismo as provas não são válidas para os ranking estadual ou nacional, e na maioria das vezes são voos demonstrativos, participam balões de diferentes formas e tamanhos, e balões para transporte de passageiros para voos panorâmicos. Já os nos campeonatos de balonismo os balões são mais específicos com um formato clássico levando apenas o piloto que irá tentar concluir as provas determinadas pelo organizador, é sempre promovido pela Federação ou Confederação de Balonismo sua provas são oficiais e válidas para o ranking nacional.
Nas competições de balonismo o objetivo é a precisão, os concorrentes decolam com objetivos determinados pelos juízes da prova devendo cumprir várias tarefas, com o objetivo de alcançarem alvos pré-determinados, Um saquinho de areia com uma fita e o numero do competidor é lançado o mais próximo do alvo possível e as distâncias são qualificadas como pontos. Vencer que atingir as melhores marcas e cumprir todas as tarefas estipuladas pela organização.
O balonismo pode ser praticado por qualquer pessoa, desde que tenham os conhecimentos básicos. Pelo fato do equipamento ser caro, o esporte é restrito a um pequeno grupo de pessoas. A solução encontrada para esse problema é a divisão das despesas pela equipe.
Os melhores locais para a prática do balonismo são as grandes planícies, com muitos pastos e áreas abertas. Dessa maneira a decolagem, o acompanhamento da equipe de terra e o pouso se tornam mais fáceis. O Brasil pelo seu imenso território, é muito favorável para a prática do esporte e pode ser ainda mais explorado no futuro
O Envelope é a parte do balão que mais chama a atenção, pelo seu tamanho. Construídos em tecido de náilon, com resinagen especial anti chama e impermeabilizado internamente. O maçarico alimentado com gás propano fornece a chama que aquece o balão, durante o voo o piloto controla a altitude pelo aquecimento do balão. Tanque de combustível armazena o gás utilizado para a combustão, a quantidade e o tamanho variam de acordo com o tempo de voo. Cesto ou nacele construído de vime, com cabos de aço para sustentação, é o único equipamento que não houve mudanças desde os primeiros balões. Instrumentos, altímetro, indica a altitude, variômetro que marca a velocidade de descida ou subida, termômetro indica a temperatura do envelope do balão, bússola, mapas, rádio aeronáutico e atualmente GPS. Ventoinha um motor acoplado a um hélice é utilizada para encher o balão com ar frio. Veiculo de resgate, como o balão não retorna ao lugar de origem a equipe de balonismo segue o balão por terra providenciando após o pouso o retorno do equipamento e passageiros.
Quando as pessoas se referem a um balão normalmente estão se referindo a parte do balão conhecido como o envelope, os envelopes de balão são normalmente feitas de náilon de alta tenacidade. O tecido do envelope é costurado ou em torno de uma fita que irá suportar a carga colocada no envelope, e fixada ao cesto que transporta os passageiros e todo o seu conteúdo.
As paredes da cesta são normalmente tecidas de vime apoiada em uma plataforma de compensado e sustentados por cabos de aço fixados ao envelope. É a única parte que pouco mudou desde os primórdios do balonismo, a tradição de fazer as cestas de vime ou de junco, já demonstrou ser ao mesmo tempo leve, mas extremamente resistente e durável aliado ao baixo custo.
Para saber quanto custa o passeio de balão click aqui para acessar nossa pagina com os valores atualizados..
É necessário que os ventos de superfície sejam inferior a 10 quilômetros por hora sem Chuva ou neblina intensa.Leia mais...
Duração de voo normalmente é de 45 minutos a 01:15, se o tempo e a luz do dia permitirem, a preparação do balão para o voo leva 30 minutos, após o pouso mais 30 minutos para guardar o balão e voltar ao local de lançamento, todo o passeio leva de 2:30 horas a 3 horas. A direção é determinada pelo vento, esta é um das muitas qualidades mágicas de viajar de balão.
A Viação Vale do Tietê atende a cidade de Boituva a partir do Terminal Rodoviário Barra Funda em São Paulo. Saiba mais sobre preços, horários. Viação Alto Tiete
As estatísticas indicam que o voo de balão é mais seguro que andar de carro, e as organizações internacionais de segurança aérea indicam o esporte do balonismo como sendo o mais seguro dos esportes aéreos.
Pessoas com pele sensível protetor solar, óculos chapéu boné,roupas confortáveis, e para gravar esses momentos câmera filmadora ou fotográfica, binóculos, não esqueça de baterias sobre saliente, cartão de memória.
Para iniciar o processo, o envelope é estendida no chão e fixado ao cesto. Um moto ventilador é usado para inflar com ar frio, em seguida é acionado o maçarico para aquecer o ar e o balão fica em pé. Como o ar quente é mais leve que o ar ambiente o balão começa a flutuar. O piloto vai continuar a aquecer o balão até que ele esteja pronto para decolar.
Balões de ar quente são baseados em um princípio de Arquimedes muito simples o ar mais quente sobe mais que o ar frio, o ar quente é mais leve que o ar frio, porque ele tem menos massa por volume.
Balões são equipado com um altímetro para indicar a altitude, um variometro que mostra a taxa de subida ou descida e um medidor de temperatura para mostrar o quão quente o tecido está no topo do balão. Cada tanque de combustível tem um medidor que indica a quantidade utilizada.
Faça sua pergunta.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios deverão ser marcados, para enviar click em ask Question*

*

*

*

Click aqui e saiba mais sobre os voos de balão…

Gostou? Compartilhe!!!

Share Button